Curso de Graduação em Antropologia
  • Colóquio Etnologia Indígena no Brasil Meridional

    Publicado em 16/10/2017 às 17:23

    Programação:

    Primeiro dia

    Mesa 01 – Histórias e Territorialidades Indígenas – 9h

    As histórias dos indígenas do sul do Brasil, da mesma forma que da grande maioria dos coletivos indígenas de toda a América, são marcadas por períodos  de dizimação populacional e  enormes perdas territoriais decorrentes de conflitos extremamente violentos relacionados às conquistas do Estado e ao contato com a sociedade nacional. Nesta mesa, propõe-se que os expositores e debatedora reflitam sobre eventos históricos – anteriores e posteriores ao contato com os “brancos”- particulares aos grupos indígenas Kaingang, Xokleng, Xetá e Guarani, relacionando-os às lutas territoriais e resistências indígenas passadas e contemporâneas. Propõe-se também que sejam trazidas questões comparativas com outros contextos indígenas, para além da região etnográfica do Brasil meridional.

    Paulo Roberto Homem de Góes (PPGA/UFPR)

    Rafael Pacheco (PPGA/UFPR)

    Debatedora:

    Marta Amoroso (CEsta/ USP)

    Mesa 02 – Xamanismos e Converões – 14h

    As relações indígenas no Brasil Meridional com projetos missionários e de conversão religiosa, desde os momentos iniciais do contato até os dias atuais, produziram múltiplos efeitos nas formas de gestão da vida coletiva e na organização social entre os indígenas. A expectativa do debate para esta mesa é trazer para a reflexão descrições a respeito dos modos como os coletivos agenciam sentidos, traduções, práticas e transformações oriundas das aproximações indígenas e das críticas xamânicas diante destas experiências religiosas.

    Adriana Belino (PPGAS/UFSC) – pesquisadora kaingang

    Izaque João (PPGH/UFGD) – pesquisador kaiowá

    Debatedor: Oscar Calavia Saéz (PPGAS/UFSC)

    18: 00 Exibição do filme Monocultura da Fé. Realização Joana Moncau, Gabriela Moncau, Izaque João e Spensy Pimentel

     

    Segundo dia

    Mesa 03 – Relações de Gênero e Formas Expressivas – 9h

    Nos últimos anos a etnologia indígena tem produzido diversas críticas sobre dicotomias como “natureza e cultura” e suas implicações para questões que correlacionam o domínio público às relações entre homens e o domínio doméstico às relações entre mulheres. Esta mesa se propõe a contribuir para a ampliação das abordagens e reflexões das relações de gênero para além destas cristalizações. Formas expressivas da linguagem, assim como a ação política de mulheres indígenas são elementos de crítica etnográfica a estes divisores.

    Joziléia D.. Jagso Jacodsen (LII/UFSC) – pesquisadora kaingang

    Marcos Moreira (PPGE/UDESC) – pesquisador mbyá

    Debatedora:

    Juliana Salles Machado (PPGH/UFSC)

    Mesa 04 – Políticas Indígenas – 14h

    Esta mesa será um espaço onde pesquisadores indígenas irão fazer política por meio de suas falas. Propõe-se que, a partir de suas trajetórias no Brasil Meridional, sejam debatidos temas como construções e desconstruções de pessoas e coletivos, lutas territoriais, conflitos ambientais, políticas públicas e atuações nos movimentos indígenas.

    Ana Patte (PPGAS/UFSC) – pesquisadora laklãnõ

    Davi Timóteo (PPGAS/UFSC) – pesquisador mbyá

    Debatedor:

    José Kelly (PPGAS/UFSC)

    Comentários de Encerramento: Antonella Tassinari (PPGAS/UFSC)

    Apoio

    PPGAS/UFSC

    INCT Brasil Plural

     

     

    Coordenadoria do Curso de Graduação em Antropologia

     


  • IMPORTANTE – Férias da única servidora técnico administrativa da coordenadoria.

    Publicado em 26/09/2017 às 15:09

    Prezados (as) alunos (as),

    Comunicamos sobre o período de férias da servidora técnico administrativa da Coordenadoria do Curso de Graduação em Antropologia, que ocorrerá de 02/10/2017 a 11/10/2017.

    Neste período a coordenadoria não terá seu expediente funcionando normalmente.

    Comunicamos também que no dia 29/09/2017 não haverá expediente normal pelo fato de que a servidora acima citada estará auxiliando a parte administrativa do Programa de Pós Graduação em Antropologia Social – PPGAS na seleção do mestrado.

    Atenciosamente,

    Coordenadoria do Curso de Graduação em Antropologia


  • Os Indígenas e o Nascimento do Brasil: “pacificação”, regime tutelar e formação de alteridades.

    Publicado em 19/09/2017 às 16:10

     

    Palestra com João Pacheco de Oliveira (MN/UFRJ).

     

    Lançamento do livro “O Nascimento do Brasil e Outros Ensaios”.

     

    Comentadores:

    Ana Lúcia Vulfe Nötzold (PPGH/UFSC)

    Oscar Calávia Saez (PPGAS/UFSC)

     

    Debatedores:

    Joziléia Kaingang (Doutorado/Memória Social e Patrimônio Cultural/UFPel)

    Davi Timóteo Martins (Guarani – Mestrado/Antropologia/UFSC)

    Joseane de Lima Tschucambang (Laklãnõ-Xokleng – Licenciatura Indígena/UFSC)

     

     

    Promoção: Núcleo de Estudos de Povos Indígenas (NEPI)/PPGAS/UFSC

    Licenciatura Intercultural Indígena do Sul da Mata Atlântica

     

    Coordenadoria do Curso de Graduação em Antropologia


  • Ética, Ciência e Direitos: por uma sociedade civil soberana

    Publicado em 19/09/2017 às 15:34

    Seminário “Ética, Ciência e Direitos: por uma sociedade civil soberana”, com início dia 20/09 às 16 horas no Miniauditório do CFH. Haverá homenagem e lançamento do novo livro do Prof. Roque de Barros Laraia, com participação do Prof. Roque, Alfredo Wagner de Almeida e da Profa. Miriam Grossi.

     

    A programação segue no Auditório do CFH, com mesa de debates às 18h30min sobre “Antropologia e direitos constitucionais”, com o Prof. Alfredo Wagner, Dr. João Mitia Barbosa, e as lideranças indígena e quilombola, Antonio Marcos Apurinã e Adriana Silva, respectivamente.

     

    A próxima rodada do seminário será na quarta-feira da próxima semana, dia 27, com programação no Auditório da Reitoria, que se inicia às 13h15min com “Rito de Invocação, Iluminação e Luta” na Praça da Reitoria, realizado por membros das comunidades convidadas.

     

    A programação seguirá com duas mesas: uma às 14h30min sobre “Autonomia científica e direitos territoriais” e outra às 18h30min sobre “Direitos constitucionais e ética”, com a presença de convidados das áreas de antropologia, direito, Ministério Público, legislativo, ONGs, jornalismo investigativo, lideranças indígenas e quilombolas.

     

     

    Coordenadoria do Curso de Graduação em Antropologia.

     


  • Expediente dias 07 e 08 de setembro

    Publicado em 01/09/2017 às 15:56

    Considerando o disposto na Portaria nº 369/2016/MPOG quanto ao feriado do dia 7 de setembro, Dia da Independência do Brasil, bem como no Calendário Acadêmico do ano de 2017 da UFSC, que define o dia 8 de setembro como dia não letivo, informamos que não haverá expediente na UFSC nesse dia, à exceção daqueles setores em que houver a prestação de serviços essenciais à comunidade.

    Coordenadoria do Curso de Graduação em Antropologia


  • II Ciclo de Palestras – Sociedades Complexas e Antropologia Econômica

    Publicado em 01/09/2017 às 15:53

    Convidamos para o “II Ciclo de Palestras – Sociedades Complexas e Antropologia Econômica“, realizado pelo NAUI, que acontecerá no dia 05/09/2017 (10h-12:00h e 14h-18:00h) na sala 110 (CFH/UFSC).

    Programação:

    10:00h – Viviane Vedana: “ Muito além do jardim: reflexões etnográficas sobre abastecimento e circulação de alimentos na cidade”.

    14:00h – Ana Cristina Rodrigues Guimarães: “Por entre as tramas da tributação: reflexões sobre as representações da tributação no Brasil a partir de Florianópolis”.

    16:00h – Paulo da Costa: “Barganha e Freguesia no Mercado Público”.

     

    Coordenadoria do Curso de Graduação em Antropologia


  • Segunda Cerimônia de Colação de Grau do Curso de Antropologia

    Publicado em 29/08/2017 às 17:01

    Na última sexta feira, 25 de agosto de 2017, às 15 horas, ocorreu a segunda cerimônia de Colação de Grau do Curso de Graduação em Antropologia da UFSC.

    A cerimônia aconteceu no auditório Garapuvu, do Centro de Eventos da UFSC.

    O formando do Curso  de Antropologia, Vitor Rufino, colou grau junto aos formandos do Curso de Ciências Sociais e Psicologia .

    Parabéns ao novo bacharel em Antropologia, Vitor Rufino!

     

    Coordenadoria do Curso de Graduação em Antropologia


  • Café (Psico) Antropológico promove exibição e debate dos documentários: “Egon, meu irmão” (NAVI, 2010) e “Egon Schaden aos Cem anos” (Plural Filmes, 2013) no dia 31/08.

    Publicado em 29/08/2017 às 14:37

    O Projeto Café (Psico) Antropológico promove na quinta, dia 31 de agosto de 2017, as 19 horas, exibição e debate dos documentários: “Egon, meu irmão” (NAVI, 2010) e “Egon Schaden aos Cem anos” (Plural Filmes, 2013). Será realizada também a mesa redonda “Egon Schaden e a presença da Antropologia brasileira na Alemanha” onde serão apresentados resultados da pesquisa realizada na Alemanha por Tânia Welter (UFSC) e Pedro Martins (UDESC).

    As atividades serão coordenadas pela professora Miriam Pillar Grossi (UFSC) e debatidas pelo professor Oscar Calavia Sáez (UFSC).

    O evento, gratuito e aberto à comunidade, será realizado no auditório do Bloco Amarelo do Centro de Artes da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC).

    O evento é organizado pelo Núcleo de Antropologia Audiovisual e Estudos da Imagem (NAVI), Núcleo de Identidades de Gênero e Subjetividades (NIGS) e Núcleo de Pesquisa em Práticas Sociais (NUPRA), em parceria com o Instituto Egon Schaden (IES).

    Coordenadoria do Curso de Graduação em Antropologia

     


  • Aula magna da UFSC aborda protagonismo feminino e inclusão de pessoas com deficiência

    Publicado em 04/08/2017 às 17:18

    A Universidade Federal de Santa Catarina irá realizar uma aula magna com os temas “Liderança e protagonismo feminino em tempos de inovação” e “Inclusão de pessoas com deficiência”, no dia 9 de agosto, quarta-feira, das 14 às 16h. O encontro será no Auditório Garapuvu, do Centro de Cultura e Eventos da UFSC, e contará com a participação de Walérya Carriço e Dagliê Colaço.

    Walérya Carriço irá discorrer sobre “Liderança e protagonismo feminino”. Ela é executive coach, psicóloga e trabalha com gestão de cultura e liderança, com atuação em oito países nas Américas e Europa. Waléria também participou do Fórum Mundial de Mulheres Negras Líderes UNESCO – Paris 2004.

    Dagliê Collaço, advogada, irá falar sobre a Lei Brasileira de Inclusão. Especialista em Direito Administrativo, ela é vice-presidente da comissão da OAB/SC dos direitos da pessoa com deficiência; representante da OAB nacional no Ministério da Saúde e na Câmara técnica de assessoramento e apoio às ações da Rede de Cuidado da Pessoa com Deficiência no SUS. Ela também atua como professora de Direito e Legislação no Centro de Educação Profissional – Jorge Lacerda.

     

    Coordenadoria do Curso de Graduação em Antropologia


  • Abertura das Inscrições para Candidaturas às Monitorias 2017-2

    Publicado em 02/08/2017 às 16:06

    Estão abertas as inscrições para monitoria em disciplinas de Antropologia, semestre 2017-2.

    As inscrições deverão ser realizadas pessoalmente na Secretaria do Departamento (CFH, Bloco D, 1º andar, sala 113), nos dias 4, 7 e 8 de agosto de 2017, das 14h às 18h, mediante apresentação da Ficha de Inscrição preenchida, acompanhada do Histórico Escolar atualizado.

    A Seleção será realizada em 9 de agosto de 2017 e o resultado será divulgado em 10 de agosto de 2017.

    Confira o edital no página do Departamento de Antropologia:

    MONITORIAS 2017-2

    Coordenadoria do Curso de Graduação em Antropologia